Dra. Gisele Arantes



Ser reconhecida como Advogada dotada de padrões de excelência e técnica em diversificadas áreas do Direito. Prestar serviços jurídicos na defesa do cliente, prevenindo ou reparando, com rapidez, qualidade, respeito e ética.Agir com honestidade e integridade. Assumir as necessidades dos clientes, persistindo na busca de soluções. Estar em evolução permanente. Respeitar e fazer respeitar os direitos dos nossos clientes.

8 de mai de 2015

Crianças desaparecidas: não é preciso aguardar 24h!

Ao contrário da crença popular, não é necessário aguardar o prazo de 24 horas para comunicar as autoridades o desaparecimento de crianças e adolescentes. 

A busca deve ser imediata, conforme determina a Lei 11.259/05:

"Artigo 2: A investigação do desaparecimento de crianças ou adolescentes será realizada IMEDIATAMENTE após notificação aos órgãos competentes, que deverão comunicar o fato aos portos, aeroportos, Polícia Rodoviária e companhia de transporte interestaduais e internacionais. Fornecendo-lhes todos os dados necessários à identificavam do desaparecido". 

Disque 100, em caso de crianças e adolescentes desaparecidos. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário