Dra. Gisele Arantes



Ser reconhecida como Advogada dotada de padrões de excelência e técnica em diversificadas áreas do Direito. Prestar serviços jurídicos na defesa do cliente, prevenindo ou reparando, com rapidez, qualidade, respeito e ética.Agir com honestidade e integridade. Assumir as necessidades dos clientes, persistindo na busca de soluções. Estar em evolução permanente. Respeitar e fazer respeitar os direitos dos nossos clientes.

10 de jan de 2010

DIREITO DO CONSUMIDOR

Atenção! Quebrando um pouco a seqüência desta coluna, vamos responder a indagações de alguns leitores e amigos, feitas por e-mail, e que atingem mais diretamente o consumidor no seu cotidiano:

Se alguém está matriculado em um curso e resolve desistir, pode receber de volta a taxa de matricula?
- Se as aulas já tiverem começado, a instituição de ensino não terá qualquer obrigação de devolver a taxa, pois o serviço já está à disposição do aluno, que só não usufruirá do mesmo por motivos alheios à Escola. Contudo, se a desistência ocorrer antes do início das aulas, a instituição de ensino tem obrigação de devolver a taxa, pois ainda não prestou o serviço. Entretanto, como a Escola teve despesas por ocasião da matrícula, poderá reter um percentual para cobrir despesas administrativas comprovadas. E qual seria esse percentual? A lei não tem previsão, embora o Poder Judiciário aceite retenções abaixo de 20%. Acima disso, é abusivo.


O que fazer se chegar na casa do consumidor um cartão de crédito que não foi solicitado?
Prática muito comum nos dias de hoje, entretanto, se você receber um cartão de crédito sem ter solicitado e não desejar com ele permanecer, inutilize-o e comunique à administradora ou ao banco, pedindo seu imediato cancelamento. Pelo Código de Defesa do Consumidor, esse cartão é considerado “amostra grátis” e o consumidor não tem sobre ele qualquer obrigação. Se alguma taxa for paga sem utilização do cartão, a cobrança é indevida e é possível exigir a restituição desse valor em dobro, sem prejuízo de possíveis danos materiais ou morais que poderão ser avaliados pelo Juiz.


O que fazer se meu nome for colocado num cadastro de inadimplentes (SPC, SERASA) sem qualquer aviso?
A lei estabelece a necessidade de uma comunicação prévia por escrito (carta, telegrama ou fax), justamente para dar ao consumidor a oportunidade de saldar seu débito ou se defender, prevenindo maiores danos. Se tal providência não for tomada pelos interessados, você deve apresentar uma reclamação por escrito ao fornecedor que agiu assim (loja, banco ou assemelhado). Depois do pagamento, exija a retirada do seu nome do cadastro de inadimplentes, tendo o fornecedor o prazo de cinco dias para assim proceder. A Justiça tem sido implacável com os fornecedores, principalmente os bancos, que, desrespeitando os direitos dos consumidores, remetem seus nomes aleatoriamente para SPC e SERASA, sem oportunidade de defesa. E o pior: muitas vezes sem qualquer motivo, pois o consumidor já liqüidou o débito. Muitas empresas e bancos têm sido condenadas a pagar altas somas por danos patrimoniais e morais contra o consumidor.


O correntista, pessoa física, que abre conta bancária ou contrata com instituição financeira, é considerado consumidor?, pessoa física, que abre conta bancária ou contrata com instituição financeira, é considerado consumidor?

De acordo com o CDC, arts. 2.º e 3.º, as instituições bancárias estão elencadas no rol das pessoas de direito consideradas como fornecedoras, para fim de aplicação do CDC às relações entre essas e os consumidores, chamados de correntistas. Tratando-se de contrato firmado entre a instituição financeira e pessoa física, é de se concluir que esta agiu visando o atendimento de uma necessidade própria, atuando, portanto, como destinatário final. Assim, contratos envolvendo bancos e empresas de crédito (financiamento) estão submetidos às regras do Código de Defesa do Consumidor.

35 comentários:

  1. Dra. Gisele, meus PARABÉNS!!! Conheci o seu site e cheguei até o seu blog e, neste momento, confeço-te que estou maravilhado com sua forma de expor as ideias, bem como pelo seu excelente bom gosto na perfil do seu site e blog. Realmente, não precisa muito para perceber que és uma mulher que ama o que faz. Um forte abraço!!! JLA

    ResponderExcluir
  2. Boa Noite, Dra. Gisele
    Minha perguta segue devido a um problema que estou passando.
    A dois anos engravidei, tive minha filha. Como minha gravides foi meio conturbada, minha médica me afatou com quase 2 meses antes do parto, mas com atentado médico. Este afastamento foi em março de 2008, marcarão minha avaliação do INSS para 15 de maio, no entanto ganhei minha filha em abriu de 2008. Eu tinha uma conta no banco itau, na agencia João Negrão, como fiquei afastada, e só fui receber pelo INSS quase no inicio de Junho, todas as minhas contas ficarão atrasadas inclusive o cheque especial do Banco, o qual come um juros enorme. Quando voltei a trabalhar comecei a quitar o que esta em atraso, mas tive dificuldades em relação ao pagamento do Cheque especial, pois a empreza onde trabalho trocou de Banco, e apenas fomos informados que deveriamos trocar nossas agencias. Comoeu estava com uma filha pequena pagando escola, fraldas convenio meu e dela, não consegui pagar o Banco Itau, e a empresa nos fez mudar nassas contas bancarias para o Unibanco. FUi tentar fazer um acerto com o Itau, e solicitei o cancelamento e que fosse encaminhado em minha residência os boletos. A Funcionária do Banco, me informou que minha conta esta cancelada, e que os boletos para pagamentos seriam enviados para minha casa. Só que isso não aconteceu, como minha vida mudou muito depois da maternidade, e o boletos não forom enviados para minha casa, acabei esquecendo. Quando fui procurar o banco, PASME, a conta não estava cancelada, por isto os boletos não haviam sido enviados, e ainda para ajudar colocaram na minha conta novamente, limite especial. O que qeur dizer que pagamento foram caindo na conta, e aumentando minha divida, e o endereço continuava o antigo. Novamente fiz parcelamento,atualizei meus dados,e fui informada que a apartir do dia seguinte, poderia ir ao banco e cancelar a conta que os boletos seriam encaminhados na minha residencia. Fui no dia seguinte na agencia e cancelei a conta, Bom pelo menos eu achei que a funcionária havia feito. Mas não aconteceu e novamente os boletos não chegaram na minha casa. Comecei a receber ligações de cobrança em meu local de trabalho, dizendo que eu estava devendo ao banco e que deveria ir efetuar o pagamento. Mas nessas alturar a conta já estava muito alta e eu não coseguia mas pagar. Tetei acerto pelo telefone, já que a empresa de cobrança estava me ligando todos os dias e varia vezes ao dia, me causando contrangimento na empresa. Final das contas, o Unibanco virou Banco Itau, e minha agencia ficou agora no Bacacheri onde esta o unibanco antigamente. Acabei ficando com duas contas do Itau. Uma na Joaõ Negrão onde tenho os parcelamento e outra na Bacacheri, devido a mudança. Dois meses não tive problema, mas este mês a empresa fez o deposito do meu salário, salário este que é para meu sustento e de minha filha, e qundo fui ao banco para retirar, para pagar os convenios e da minha filha, fiquei sabendo que o banco pegou todo o meu pagamento para cubrir a canta da outra agencia. Final das contas não tenho como pagar a escola da minha filha este mês, O convenio ou qualquer outra coisa que eu ou ela precisemos. Pergunto o que posso fazer para que o banco me devolva o meu dinheiro e faça o correto em relação a outra conta que já pedi varias vezes para cancelar? Vc pode me ajudar?

    ResponderExcluir
  3. Prezada, vc tem todos os direitos e deve lutar por eles!! Inicialmente, cabe em face da instituição bancária uma ação de anatocismo. Esta ação permite revisar os juros aplicados pelo banco, diminuindo assim, consideravelmente, sua dívida com a instituição bancária. Quanto ao fato do banco ter usurpado seu salário, cabe uma indenização por perdas e danos, pois o procedimento adotado pela instituição afeta diretamente sua sobrevivência e a de sua filha. O banco deve seguir algumas regras ao descontar o salário recebido em sua conta, e nehuma dessas regras foram seguidas. Qualquer dúvida, estou totalmente a disposição. Att, Drª Gisele Arantes

    ResponderExcluir
  4. anonimo... devo na telefonica a oito anos e meu nome nao esta mais no spc, pois agora fica uma pessoa ligando todos os dias na minha casa cobrando, gostaria de saber, ja caducou devido fazer mais de oito anos, porem o que devo fazer para parar as cobranças.

    ResponderExcluir
  5. Prezado, Primeiramente preciso saber se as cobranças estão ocorrendo apenas pelo telefone ou se já chegou em sua residência alguma carta de cobrança ou de ameaça de nova inclusão no SPC.

    No aguardo.
    Att,
    Drª Gisele Arantes

    ResponderExcluir
  6. Escola de Inglês

    Bom é o seguinte, no dia 04/06/2010 o representante comercial Fabiano Simas me procurou e o mesmo me explicou como funciona o curso da YouMove em detalhes, eu prontamente informei o mesmo que gostei do prospecto e que tinha interesse de fazer o curso, e no mesmo momento perguntei o mesmo sobre as opções de pagamento como funcionavam, sendo assim eu informei o Fabiano Simas que talvez não poderia fazer pois eu estava com problemas financeiros, que se eu fizesse o curso tinha de ser em agosto em diante, o mesmo então me informou que para garantir a matricula eu deveria dar um cheque a ele pois só assim eu podia segurar a matricula no valor de R$ 396,00 (Trezentos e Noventa e Seis Reais) referente a mim e minha esposa Valeria Francisco dos Santos (Portadora do cheque), dito e feito a reserva da matricula tendo em vista a minha situação financeira aguardei a ligação da escola que levou em torno de uma semana, na ligação foi marcado uma aula zero que seria para explicar como a escola funcionava, fui a aula zero com minha esposa e vi o método de ensino da instituição, aprovei não vi nada que não pudesse impedir uma pessoa a aprender falar o idioma inglês pelos métodos da mesma, resumindo gostei da instituição;

    Porem o pior aconteceu, e como eu havia informado o vendedor Fabiano Simas, minha situação financeira não melhorou e infelizmente nem eu nem minha esposa poderemos fazer o curso na instituição, então quando foi solicitado o cancelamento da matricula na escola, a situação começou a se complicar, eles me informaram que não podiam me devolver meu cheque porque já tinha passado o prazo para isso, sendo que isso não confere pois como dito acima, eu dei o cheque como uma reserva, e também me recusaram passar informações como CNPJ da empresa ou telefone de algum setor ou responsável da matriz ou filial para eu resolver o meu problema, tendo em vista a negociação com a qual eu tive com o representante comercial Fabiano Simas, onde eu expliquei ao mesma toda minha situação e que o cheque seria uma reserva para se iniciar em agosto, peço que análise meu caso e considere o meu pedido para a devolução do meu cheque tendo em vista toda a minha situação e pensando á partir do ponto que eu não fiz gozo dos serviços da escola portanto não teria obrigação financeira com a mesma, mas sobretudo concordo que a instituição tem direito a uma taxa administrativa que seria uma % tendo em vista que “De acordo com a Lei 9870/99, as instituições são obrigadas a devolver 80% do valor da matrícula”;

    A escola me nega a dar o numero de telefone da matriz, para eu tentar resolver com alguém a devolução do meu cheque, (creio que por serem franquia, os mesmos estão mentindo ter repassado o cheque para matriz e o mesmo esta com eles ainda), e a única coisa que me deram foi um email onde entro em contato e ninguém me responde, o que fazer para resolver meu caso? Eu sustei o cheque por desacordo comercial, fiz o correto? Ele é para agosto ainda mas não posso arriscar ter de pagar uma coisa que não aproveitei, acha que devo entrar na justiça e avisar da minha situação?

    ResponderExcluir
  7. Vc deve entrar com uma AÇÃO DE OBRIGAÇÃO DE DAR, que consiste na devolução do cheque por desacordo comercial. Vc fez muito certo em ter sustado o cheque, pois eles poderiam depositar e vc ter que entrar com uma outra ação, ainda mais demorada, para reaver o dinheiro. Lembre-se que, como o fato se deu com vc, mas o cheque é da sua esposa, os dois precisam ser autores do processo. No seu caso, eu pediria, também, indenização por danos morais, pela amargura a aflição que vc está passando. Vale te informar, que mesmo que a instituição deposite o cheque, vc pode entrar com a ação. Espero muito ter ajudado e qualquer dúvida, pode contar comigo! Att, Gisele Arantes

    ResponderExcluir
  8. Ola Dr.(a)Gisele, muito obrigado pela resposta, a senhorita esclareceu muitas coisas, mas no caso desta ação, onde eu entraria com ela? Na “pequenas causas”, preciso ir ao PROCON primeiro? No caso qual seria o procedimento?

    ResponderExcluir
  9. O PROCON é um órgão de reclamação, onde é instaurada uma reclamação administrativa, e pode se chegar a um acordo. Mas eu ira diretamente aos JEC's (Juizados Especiais Cíves), os conhecidos Pequenas Causas. No momento em que você dá entrada em qualquer ação no JEC, você já sabe a data da audiência de conciliação, e se nada for resolvido na conciliação, logo é marcado a audiência de Instrução e Julgamento, onde sai a decisão de seu processo. Qualquer dúvida, fico feliz em ajudar. Att, Dra. Gisele Arantes

    ResponderExcluir
  10. boa tarde.
    a empresa pode dar somente uma opçao de pagamento?(ex.somente cheque),ouvi dizer que ela obrigatoriamente deve oferecer pelo menos duas.

    grata;
    Monica

    ResponderExcluir
  11. Olá Monica, a empresa pode sim oferecer apenas uma opção de pagamento. O que ocorre é que precisa está bem claro que não aceita as outras opções de pagamento. Por exemplo, ter uma placa dizendo: "não aceitamos cheques". Há, e detalhe, essa placa precisa está em local visível. Att, Dra. Gisele Arantes

    ResponderExcluir
  12. Olá Dra. Gisele, minha dúvida é a seguinte: abri uma conta no Bradesco em 2009, e não satisfeito com seus serviços, cancelei a conta, os cartões de crédito, e tive que pagar uma taxa para encerrar a conta. após um ano, o banco liga quase diariamente para me cobrar uma dívida de cheque especial (que eu nunca tive) que está aumentando. Moro na zona rural, e as poucas vezes que eu tentei resolver, só perdi meu tempo. Não encontram nada. E as ligações não param. Por telefone é impossível resolver qualquer situação. Por favor, como eu devo proceder?

    ResponderExcluir
  13. Bom dia Gisele,

    Eu gostaria de saber se o banco pode reter o salario para cobrir o cheque especial? e o que posso fazer, pois ele pega o salario fazendo com que o cheque especial continue pq ele cola juros alem do salario e preciso do mesma para pargar outras coisas mais ñ consigo pq o salario entra na conta e ja fica negativo.... o que posso fazer para mudar isso quais são os meus direitos de consumidor??

    Grato;
    Luan

    ResponderExcluir
  14. Gisele, boa dia.Possuo vários contratos de financiamento que fiz junto ao bco Santander. Recebo diariamente cobranças com valores absurdos atualizados.
    Gostaria de negociar um contrato de cada vez, pois não consigo fazer um acordo para todos os contratos .Gostaria de ter acesso a uma consulta para saber quais os juros e taxas que estão cobrando neste valor.Ou seja, posso exigir que o banco me envie uma fatura atualizada dos valores que estão sendo cobrados.Pois o banco andou descontando valores depositados em minha conta, e mencionando que era para pagamento de parcelas em atraso...Mas queria saber para qual contrato esses valores retirados de minha conta, foram pagos, ou seja preciso saber o que devo , o que já paguei..

    ResponderExcluir
  15. boa Tarde dª Gisele, tenho uma conta corrente no banco do brasil, a qual recebo meu salário, possuo empréstimos, já tentei fazer acordos para diminuirem o valor das parcelas mas não consegui, como é débito em conta, eles descontam, e sempre caio no ch especial, já virou uma bola de neve, uns amigos que tb passaram por isso, trocaram de instituiçao financeira, para obrigar o banco a fazer acordo,isso poderia trazer algum problema, é uma fraude??? ou ato ilícito??

    ResponderExcluir
  16. Bom dia, estudei em uma escola parti por um mes paguei este mes e parei de ir a escola por motivos financeiros, agora estao me cobrando mais 3 meses com altos juros o que faço?

    ResponderExcluir
  17. Olá Dra. Gisele a minha mãe uns tempos atraz foi tentar abrir uma conta no banco só que não conseguiu o gerente falou pra ela que no nome dela não da porque ela ja tem uma conta aberta só que essa conta que se encontra aberta fica em salvador-Ba e ela nunca foi pra lá e eu gostaria de saber se tem algum jeito da gente descobrir em que banco foi aberto a conta e agência e se tem como também a gente ver a assinatura fico esperando uma respostas muito obrigado Paulo

    ResponderExcluir
  18. Dra Gisele...

    Foi feita uma reserva de pousada em sc, fiz o deposito era 13horas de sexta feira 10/12/2010, e a noite tivemos problemas serios na familia, ontem ocorreu a desistencia da reserva, liguei agora antes de completar 48 horas, para a dona da pousada onde a mesma não quer me devolver o dinheiro, sendo que ela tem chance ainda de fazer outra reserva. Ela pode fazer isso???

    Grata Fernanda

    ResponderExcluir
  19. Em 2005 comecei a fazer um curso de mestrado em Montevideo,fui nos dois primeiros módulos e por motivos de saúde não pude dar continuidade ao curso. Hoje meu nome esta no SPC. O devo fazer já que eles me cobram a dívida total e não me deram a oportunidade de Concluir?

    ResponderExcluir
  20. Uma empresa pegou minha carteira de trabalho a tres meses dizendo que ia ser contratado, agora ela me devolveu a carteira dizendo que não havia mas vaga. O que devo fazer?

    ResponderExcluir
  21. Gisela,gostaria muito que vc lesse o que posto aqui,é que to desde janeiro numa luta constante com a financeira 'visa cartão'minha luta veio quando fui pagar a fatura de janeiro e descobri que a fatura de dezembro não havia sido efetuada por eles,porq eu paguei e consta lá em divida ainda pendente ja mandei fax e eles naum deram resposta,ja fui no DECON eles mandaram fax de lá tbm,ficando desesperada quando eles ligam pra mim e dizem que iriam arquivar o caso porq o numero que estava incompleto,fiz o que eles me mandaram indo na agencia que efetuei pagamento e la mandando outro fax desta com numero completo,sem dá a minima importancia para meu caso eu ligo uma semana depois e eles dizem que o fax que chegou lá está em branco e nada podem fazer.quais meus direitos quanto a esse caso? me responda pelo amor de Deus! ja não sei mais a quem recorrer.fico grata e que Deus te abençoe. Aqui fica Cristin@

    ResponderExcluir
  22. gisele,boa noite.meu nome e samara,moro em são paulo,o eu problema e com a telefonica.eu sou cliente da telefonica a 6 anos.eu tó com a mesma a 6 anos.sempre paquei minhas contas em dia,minha linha nunca deu problema,nunca mudei sequer de numero,bom resumindo eu so uma cliente e exemplar.eu estou desde setembro de 2010 tendando contratar o serviço do speedy e não consigo.eu ligo quais todo dia pra contra o serviço de speedy é eles dizem que nao tei sinal,mas e mentira porque na minha rua quais todo mundo tei, menos eu.no dia 30 de dezembro de 2010. dois técnico da telefonica veio estalar o speedy na minha casa,eu nen tava sabendo de nada mas deixe eles instalar o speedy.mas no dia 6 de janeiro de 2011 o serviço foi cancelado eles men min consultaran,sobre o cancelamento.quando eu ligei pra lar para reclamar sobre cancelamento.eles diseran que o speedy era de teste era para ver se tinha sinal.so pra constar tem sinal(observação eu tenho os papeis que a telefonica min mandou).mas no dia que os técnico vienran estalar eles não diseran que era de teste.dias depois a telefonica mandou um papel dizendo que em 15 dias o speedy iria ser instalado de novo mas até hoje não foi instalado.eu já entrei com processo na ouvidoria da telefonica e eles não resolveran nada.também já entrei com uma reclamação na anatel e também não resolveran nada.eu estou com muita raiva da telefonica. eu min sinti muito mau com essa situação.eu min sinti discriminada.gisele o que eu posso fazer contra a telefonica.eu posso processa a telefonica por isso.gisele eu espero que você possa min ajuda com esse problema. espero anciosa pela sua resposta.este já obrigada.

    ResponderExcluir
  23. Oi dra Gisele meu filho estava matriculado em uma escola particular,fiz a matrícula dia 07 de fevereiro e já paguei a primeira mensalidade agora fui cancelar a matrícula dia 10 de maio. Será que para sair tenho que pagar ? sendo que já paguei para entrar,é normal a escola está cobrando?

    ResponderExcluir
  24. Dra, que pena que vc reside no RJ, parabens pelo trabalho aqui realizado.
    Minha filha temn 20 anos esta aguardando desde maio/11 ser chamada para estudar ingles nos USA, e ate hoje a empresa nao a chamou. No contrato esta escrito no titulo condiçoes gerais, e nao esta escrito no titulo CONTRATO. neste caso pode ser considerado um contrato?
    Eles fizeram promessas verbais a minha filha, vendendo um sonho irrel deestudar em USA.O que devo fazer? posso pedir indenizaçao?posso pedir na justiça para que eles concretizem a viagem? se eu entrar pelo juizado especial posso pedir quantos salarios minimos deidenizaçao? minha filha esta com de pressao, que tipo de danos posso alegar, emocionais.e....
    grata um abraço forteeee
    eles prometeram embarque no maximo de 3 a 4 meses,

    ResponderExcluir
  25. Olá, meu nome é Isaque,e estou com um problema com a escola YOU MOVE, segue breve relato.

    Um representante da escola You Move, me ligou dia 19/06, informando que um amigo me indicou, perguntou se podia fazer uma entrevista.
    Em fim realizei a entrevista e dia 02/07 fiz a aula ZERO e o pedido do material, no entanto por motivos financeiros meus planos mudaram e fui hoje dia 10/07 até a unidade da You MOVE EM ALPHAVILLE para realizar o cancelamento do contrato e fui surpreendido com a informação de que mesmo sem ter recebido o material em mãos e consequentemente não ter utilizado o mesmo tenho que pagar uma multa de 20% ou seja R$358,40.
    Como vou pagar por um material que em primeiro lugar eu ainda nem recebi em segundo lugar que não usei, já que resolvi cancelar o contrato um semana depois do acordo.
    Segundo a escola não está perdendo uma vez que o material está NOVO e pode ser utilizado por outro aluno. Eu já paguei R$160,00 para fazer o pedido do material e agora a escola quer cobrar uma multa de R$358,40 por um material QUE NEM adquiri ainda.

    ResponderExcluir
  26. Olá Dra Gisele, estou com um grande problema com uma dupla de pintor, os contratei pra pintar minha casa que estava em construção, eles começaram o serviço, fizemos um contrato, pagamos em cheque, eles fizeram os serviços até enquanto estavam recebendo, e quando receberam o último cheque desapareceram, agora precisamos mudar pois moramos de aluguel, a construção foi feita por financiamento, então os nossos prazos estão vencendo, com a instituição onde fizemos o empréstimos pois precisamos entregar a obra p última etapa e assim receber o última parcela, e teremos que pagar juros por conta deese atraso, com a prefeitura que já fez a vistoria para o habite-se, já que a casa já deveria estar terminada, e finalmente com a proprietária da casa onde moramos que já nos pediu a casa , porque ela vai por a venda. O que podemos fazer com esse dois pintores, para garantir nossos direitos? Já demos queixa no PROCON, mas eles faltaram a audiencia de conciliação, segundo o PROCON, eles só levarão uma multa por essa falta, mas nós continuamos na mesma, ou seja no prejuízo, estamos sofrendo com isso há quase 8 meses, a nossa casa está pronta, mas não podemos morar por causa desses pintores desonestos, podemos entrar com um processo indenizatório contra eles por danos morais e materiais? O que podemos fazer, pois isso está nos causando muitos aborrecimentos, angústias, e prejuízos?
    Aguardo sua resposta

    ResponderExcluir
  27. ola,tenho uma pergunta a fazer fiz um contrato por telefone co a oi de 39 reas no 1 mes veio certo no 2 ja não tejefonei e fiz a reclamação no mes seguinte descontaram o que puseram a mais o 3 a mesma coisa ai no final de dezembro tirei o chip de conta e coloquei outro chip de cartão ai veio uma conta maior e colocaram mais coisas q nem sei usar telefonei querendo desistir do contrato eles falaram que eu tinha que pagar 200.00 reais sendo que quando eu fiz esse contrato a moça falou que eu poderia desistir a qualquer momento como devo proceder ja liguei p eles de novo sou obrigada a ficar 1 ano obrigada

    ResponderExcluir
  28. Boa tarde,
    Vou tentar resumir minha situação: como muitos ex-alunos da You Move, estou com problemas para a devolução do material, fiz o cancelamento da matricula pois o curso não teve o retorno desejado. Sustei o cheque do material didático com aviso prévio, e mesmo no meio da negociação para devolução do material e cheque, eles tentaram depositar o cheque sustado, já considero isso uma falha, pois se eu tinha cancelado o curso e estávamos em negociação, imagina se não sustei o cheque, daria um furo enorme em minha conta bancária. Agora querem me cobrar 20% de taxa ficando da seguinte forma: "Valor acordado pelo material completo com 50% de desconto no ato da compra inicial: R$ 2592,00
    Valor do material para devolução: R$ 2592,00
    Valor total de parcelas pagas pelo cliente : R$ 324,00
    Valor individual (por módulo) R$ 1728,00 mais taxa administrativa de 20% de R$ 172,80 totalizando R$ 1900,80.
    Valor a ser pago para Editora R$ 1900,80 podendo ser feito das seguintes maneiras:
    ·Um depósito a vista na conta corrente da Editora no valor de R$ 1576,80 ou;
    ·Novos cheques com novos valores e datas."
    Sendo que usei apenas 10% do material. Esse valor é abusivo!
    Gostaria de saber como faço pra que haja uma negociação em que ambas as partes fiquem satisfeitas e eu não saia lesionada!
    Aguardo. Desde já muito obrigada.

    ResponderExcluir
  29. Abri uma conta poupança para fins de recebimento de pensão alimentícia na caixa econômica federal, fiz um deposito e depois retirei o valor, para minha surpresa recebi uma correspondência do referido banco que minha conta havia sido encerrada por falta de movimentação, pergunto como proceder é cabivel ação indenizatória?

    ResponderExcluir
  30. Olá a todos, eu sou sra Aanjay Rara Da Indonésia, mas eu moro aqui em São Paulo, eu rapidamente quero usar este meio para cortar um testemunho de como Deus me dirigiu a um emprestador empréstimo legítimo e real que transformou a minha vida a partir de grama para graça, de ser pobre para uma mulher rica que agora podem se vangloriar de uma vida saudável e rico sem estresse ou dificuldades financeiras. Depois de tantos meses de tentativas para obter um empréstimo na internet e foi enganado a soma de US $ 5.000 i tornou-se tão desesperada em obter um empréstimo de um emprestador empréstimo legítimo on-line que não vai acrescentar para as minhas dores, então eu decidi entrar em contato com um amigo de meu, que recentemente recebeu um empréstimo on-line, discutimos sobre o assunto e para nossa conclusão que ela me contou sobre uma mulher chamada Sra Jeanne Roland quem é o CEO de Jeanne Roland Loan Firm. Então, eu me inscrevi para uma soma de empréstimo de ($ 20,000), com baixa taxa de juros de 2%, de modo que o empréstimo foi aprovado com facilidade, sem estresse e todos os preparativos onde feitas em relação à transferência de empréstimo e, em menos de 4 horas, o empréstimo foi depositado em minha banco. Então eu quero aconselhar qualquer um na necessidade de um empréstimo para rapidamente entrar em contato com ela pelo e-mail .. jeanne.loanfirm@gmail.com ou jeanne.loanfirm@financier.com) Ela não sabe que estou fazendo isso eu oro para que Deus abençoá-la para a coisa boa que ela fez na minha vida. você também pode entrar em contato comigo em aanjayrara2015@gmail.com para mais informações.

    ResponderExcluir
  31. boa noite Dra. Gisele Arantes eu gostaria de tirar uma duvida eu comprei um carro de um amigo paguei com cheque predatados ele levou os cheques mais nao medeu o carro ele esta enrolando devo sustar o cheques

    ResponderExcluir
  32. BE CAREFUL FOLKS ONLINE LOAN SCAMS ARE REAL. Do you need a legitimate and trusted Loan company/Lender? Be wary of any lender from West Africa, Singapore and India. I am Stephanie Williams and a citizen of the USA; currently I am 47 years of Old and work as a Registered Nurse in a prestigious Hospital here in the States. My candid advice is to inform everyone about my dealings with a sincere/honest loan company. I have been scammed out of my hard earned money by other fake lenders and was hopeless and didn't know who to believe, until I contacted CHESHIRE LOAN COMPANY LTD located in both the USA & UK and they did fulfilled their promises based on our signed loan contract by putting a great smile on my face by transferring me the loan I applied for. Anyone of you that have also been a victim of scam, you should bother no more because, I honestly believe that the only lender you can trust here is CHESHIRE LOAN COMPANY LTD. Their contact email: contacto@cheshireloancompany.com or Skype: cheshireloan.company for more detailed information on how to get a loan from them.

    ResponderExcluir
  33. Curso de Ingles (You Move)

    Não lembro como um representante do curso (You Movie - Estrada do Campinho - Campo Grande) chegou ate mim. Me ligou, veio até minha casa para vender o curso. Na hora da matricula fui muito bem atendida. Preenchi alguns cheques e o rapaz não me deixou por Nominal (coisa no qual sempre faço), como meu talão estava no final o mesmo disse para eu fazer um cheque calção de 756,00 com 5 a 6 meses a frente, foi o que fiz. Dois a tres meses depois fiquei desempregada e resolvi sair do curso, mas queria voltar depois. Então disse que continuaria pagando o material e assim que desse voltaria ao curso, porem arrumei um trabalha seg á sex de 7h as 20h e sab de 7h as 14h. Passei varias vezes no entre 20h e 21h curso para resgatar o cheque e entregar os demais faltantes. A primeira vez a pessoa responsável tinha acabado de sair, depois tinha um rapaz que se recusou a me atender, outro dia a mãe passou mal saiu mas cedo, por ultimo me disse que esse horário é raro ter alguém. Toda vez que fui sozinha ou com meu marido, deixei meu nome e telefone, e ninguém nunca me ligou. O cheque estava para abril de 2015 e eu tinha esquecido completamente. E agora que precisei fazer um emprestimo no banco descobri que tinha um cheque sem fundo. Bateu em abril de 2015, nem o curso e nem o banco me informou desse cheque. Ao entrar em contato com curso fui orientada a falar com a financeira e o acordo era pagar o valor de 1031,00 ou 6 x 272,00. Fiquei indignada. Liguei novamente com o curso e a atendente friamente disse que a responsabilidade é de quem passa o cheque. Que o curso não tem nada haver com isso. Eu me matriculei no You Movie, assisti dois meses de aulo no You Movie, deixei os cheques no You Movie, o vendedor me apresentou o You Movie, e na hora do problema é com a editora e a financeira? Isso ta certo o curso passar para editora e a editora passar financeira? Podem cobrar esse jurus td? Quase 9 meses depois do cheque devolvido que fiquei sabendo, o certo ão seria o alguem ter me avisado?

    ResponderExcluir
  34. Boa tarde doutora Gisele estou com um problema com um fotografo q prestou um trabalho para mim eu o paguei em cheques, 5 folhas sendo que ja havia pago 40% do valor em dinheiro , mas mesmo assim ele. Me falou que só vai entregar meu material na compensação do último cheque em novembro, oque devo fazer?

    ResponderExcluir
  35. BOm dia, tudo bem? comprei um carro num feirão de automóveis ,numa concessionaria , porém dois dias apos a compra o carro apresentou o primeiro problemas, entrei em contato e levei para arrumar, fui informado que trocaram o sensor do capo do carro, apos 2 dias novamente o carro apresentou um novo problema, manifestei o desejo de trocar o carro por outro de mesmo valor ou valor semelhante, me informaram que não tinham nada, então deixei o carro novamente para arrumar. NO dia seguinte me entregaram o carro , apresentando novamente problema, como era sexta feira, levei na segunda para arrumar, novamente permaneceram com o carro para concerto, me foi entregue no final da tarde, quando testei , permanecia o problema . No dia seguinte não pude levar pois tinha viagem marcado , retornei no dia seguinte e buscaram o carro novamente para concerto, me devolvendo no final da tarde, e novamente o problema surgiu, quando fui testar os sensores que me informaram que tinham trocado ,nenhum deles funcionada. Fiz o devolução do automóvel , agora quem que eu pague 1600$ pelo cancelamento do financiamento. COmo devo proceder.

    ResponderExcluir